Ludicidade-A importância dos jogos e brincadeiras no desenvolvimento da aprendizagem

REF: LIJBPADP Categorias ,

Descrição

CURSO PARA TURMA FECHADA

FALE CONOSCO: contato@unicurso.com.br

LUDICIDADE- A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NO PROCESSO DA APRENDIZAGEM

DESCRIÇÃO DO PRODUTO:

Este curso destina-se a capacitar os educadores a reconhecer a contribuição das atividades lúdicas para o desenvolvimento da aprendizagem na criança, no sentido de superar a distancia entre brincadeiras e conteúdos que ainda existe na educação infantil. Os eixos propostos para a prática pedagógica pelas Diretrizes Nacionais Curriculares para a educação infantil são a interação e a brincadeira, pois a criança aprende brincando.

PLANO DE CURSO

EMENTA:

Conceitos de Ludicidade, brincadeira, brincar e brinquedo. A importância das atividades lúdicas na educação infantil para desenvolver os aspectos físicos, psicológicos, cognitivos e morais na criança. O brincar como o trabalho da infância.

PÚBLICO-ALVO:

Estudantes de pedagogia, professores da educação infantil e do 1º ano do ensino fundamental, coordenadores pedagógicos, orientadores educacionais.

 MODALIDADE:

Presencial/ a distancia                          

 CARGA HORÁRIA:

40 horas.

Complementação de carga horária por meio de entrega de portfólio.

 MAPA DE COMPETÊNCIAS

Aspectos conceituais Aspectos Procedimentais Aspectos atitudinais
Conceituar ludicidade, o brincar, a brincadeira e o brinquedo. Discriminar os conceitos de ludicidade, brincar, brincadeira e brinquedo. Mostrar interesse em conhecer diversas brincadeiras que ajudem a criança na apreensão dos conteúdos na infância.
Refletir sobre a aprendizagem significativa que se realiza por meio das interações e brincadeiras na educação infantil. Estabelecer relações entre as brincadeiras e os conteúdos a serem desenvolvidos na prática pedagógica. Conhecer brinquedos adequados para 0 a 3 anos e para 4 e 5 anos.
Ampliar o repertório pessoal de brincadeiras infantis populares que fazem parte da cultura da infância. Usar as informações recebidas para dinamizar as atividades lúdicas em sala de aula. Escolher dentre as brincadeiras tradicionais e populares infantis, as que mais se aplicam ao contexto escolar.

 OBJETIVO GERAL:

Capacitar os educadores a conhecer os conceitos de ludicidade, brincar, brincadeira e brinquedo ampliando seu repertório de atividades lúdicas para a educação infantil.

 OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

Unidade OBJETIVOS

Ao término da unidade o aluno será capaz de:

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1 Conceituar 17-O lúdico-percebendo a integração entre esses conceitos. Conceitos de letramento, oralidade e Alfabetização.
2 Conhecer
3 Refletir sobre as contribuições dos teóricos às práticas de alfabetização. Contribuições teóricas de Paulo Freire, Magda Soares e Emília Ferreiro ao processo de alfabetização.
4 Colaborar para a elaboração de atividades facilitadoras da construção da escrita pela criança. A construção da escrita na criança.

 

ESTRATÉGIAS DE ENSINO:

Presencial:

Exposição oral dialogada e técnicas de ensino que possibilitem debates e discussões com utilização de recursos audiovisuais e a realização de dinâmicas de grupo.A distância: Utilização das ferramentas texto, vídeo, slides, fórum, tarefa no ambiente virtual MOODLE.

AVALIAÇÃO: Processual / Ou mediante entrega de portfólio

CERTIFICAÇÃO:

Após a conclusão do curso. Curso Livre, respaldado na Lei Federal no 9.394, que rege os cursos livres de capacitação, atualização e qualificação profissional. Decreto Presidencial nº 5.154 de 23 de julho de 2004. Resolução CNE nº 04/99 – MEC (art. 7º, § 3º) de 7 de outubro de 1999.

REFERÊNCIAS

CARDIA, Joyce Aparecida Pires. A importância da presença do lúdico e da brincadeira nas séries iniciais: um relato de pesquisa. Revista Eletrônica de Educação. Ano V. No. 09, jul./dez. 2011.

CUNHA, Nilse Helena Silva. Brinquedo, desafio e descoberta: subsídios para utilização e confecção de brinquedos. Rio de Janeiro: FAE, 1988. 427 p.

CUNHA, Nilse Helena Silva. Brinquedoteca: Um mergulho no brincar. 2ª ed. São Paulo: Maltese, 1994.

FRIEDMANN, Adriana (et. Al.). O direito de brincar. São Paulo: scritta: ABRINQ, 1992.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Jogos tradicionais infantis: o jogo a criança e a educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 1993.

TEZANI, Thaís Cristina Rodrigues. O Jogo e os Processos de Aprendizagem e

Desenvolvimento: aspectos cognitivos e afetivos. Educação em Revista, v.7, n.1-2.

Marília, 2006. Disponível em: <http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/

educacaoemrevista/article/viewFile/603/486>. Acesso em: 22 out. 2011.

VYGOTSKY, Lev Semenovitch. A Formação social da mente. São Paulo: Martins

Fontes, 1989.

_____. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Ludicidade-A importância dos jogos e brincadeiras no desenvolvimento da aprendizagem”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.